Bebés prematuros, pais prematuros!

Bebés prematuros: pais prematuros

O nascimento prematuro ocorre, na maioria das vezes, sem aviso prévio. E faz sentido dizer que quando um bebé nascer antes do tempo, os pais também o são! A gravidez prepara os pais para este novo membro da família! Muito embora saber que se está gravida já antevê esta realidade, é o percurso pelos 9 meses que vai, a pouco e pouco, preparando estes pais e toda a família para o bebé que ai vem. O crescimento do abdomen, as primeiras sensações de movimento, as ecobrafias, os pontapés, a té as noites mal dormidas pelo desconforto do aumento do abdomen, vão gradulamente anunciar o nascimento. Mas é com o nacimento que esta realidade assume a sua plenitude de pais e de família.

O nascimento prematuro surge como uma ruptura em todo este processo, na estabilidade familiar, nos sonhos e fantasias da família. É muitas vezes e sobretudo uma incerteza. Esta incerteza aumenta quando o bebé tem que ser internado. A reunião da familia em casa não acontece! A assunpção dos papaeis parentais não existe! A realização das visualizações de amor, cuidado e partilha são desfeitas. Nestes casos, e em casos de parto emergente antes do termo, ou de bebés que são internados para as Neonatologias ou para as Unidades de Cuidados Intensivos Neonatais esta realidade é mais dramática.

O internamento representa na maioria das vezes uma realidade desconhecida para os pais. A mãe pode ou não ver o filho de imediato, e o pai fica dependente das regras do Bloco de Partos e das UCIN.

Contudo na UCIN, para além do apoio ao bebé, estas unidades estão preparadas para receber e ajudar os pais que também eles são prematuros. As equipas multidisciplinares existem para cuidarem do bebé mas também dos pais e dos seus papeis tradicionalmente relacionados com a parentalidade.

A presença dos pais é dos aspectos mais importantes dos cuidados neonatais. Cuidados Centrados na família é o nome dado às estratégias empreendidas em serviços que cuidam de crianças onde reconhecem a família como o factor mais constante da vida de uma criança. Por esta razão os CCF são construídos sob a pareceria entre os pais e os profissionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *